Arquivo

Archive for the ‘Tecnologia’ Category

Estudo: stocks AAPL em dia de evento

janeiro 28, 2010 Deixe um comentário

No inicio da semana comecei a me questionar: como será que o evento da Apple influencia nas ações da mesma? Então tomei a decisão de monitorar a bolsa (Nasdaq) junto com o evento que mostrou o iPad ao mundo.

Comecei a monitorar a AAPL logo cedo, quando ainda era pre-market na Nasdaq. Nesse horário não aconteceu muita coisa, mas o interessante é que cerca de 2 minutos depois que vazou umas imagens do produto, as ações cairam cerca de $2,00, mas depois voltaram.

Quando abriu o mercado, o valor da ação estava em $205,94. Até o momento da apresentação (10hrs na Califórnia – 13hrs na Nasdaq) o valor tinha caido para $204,54, porém 20 minutos depois de começar a apresentação, quando Steve Jobs mostrou o iPad para o público, as ações cairam para $201,29. Ao que seguiu a apresentação, o valor foi subindo, pouco a pouco, mas não passou de $202,00. Por volta das 14:20hrs de NY (Nasdaq), Steve Jobs declarou que o valor do iPad começaria em $499, e as ações subiram para $207,00, o que, para mim, mostrou um ponto muito positivo em questão dos investidores com a empresa. Até as 15hrs de NY, a ação subiu para $210,08 um tanto de tempo depois de ter finalizado a apresentação. Ao fim do dia, a ação estabilizou em $207,98, resultando a ação em alta de mais $2,04 (cerca de 1%). Para mostrar como aconteceu o dia inteiro, vejam o seguinte gráfico com pontos de 20 em 20 minutos:

AcoesApple27.1.2010

Stock AAPL no dia 27 de Jan de 2010


[Fonte: Google Finance]

Anúncios

Photoshop online

outubro 25, 2009 Deixe um comentário

A muito tempo já utilizava o Pixlr, mas ontem me lembrei de quando eu tinha visto um Beta que a adobe tinha montado de um Photoshop Online. Pra minha surpresa, o produto já tá no ar e rodando (muito bem), então aproveitei e autorizei o uso do photoshop online na minha conta da adobe, já existente. Me perdi de inicio, mas no final consegui botar umas fotos lá, editar e criar o meu perfil.

Primeira coisa que me chamou a atenção foi a interface. Muito interativa, porém meio complexa. Primeiro de tudo: me perdi muito para fazer o upload das fotos. O botão fica exatamente da posição do nome do menu, último lugar que eu iria procurar. Mas o que diferenciou do Pixlr para mim foi que cada usuário tem suas fotos online dentro de um perfil, e não são todas as fotos que se publica, apenas as que o usuário definir como públicas.

A parte da edição (que foi a que eu mais fiquei ansioso) me deixo muito decepcionado. Apesar de serem ferramentas úteis, são poucas. Elas são divididas em três sessões: Básico, Ajustes e Avançado. O básico conta com: Crop, Resize, Auto-correção, Exposição, Olhos Vermelhos, Saturação e Touchup. Os ajustes são constituídos por: Balanço de Branco, Destaques, Luz de preenchimento, Sharpen e Soft Focus. As ferramentas avançadas são: Pop Color, Cor, Preto & Branco, Matiz, Sketch e Distorção. Apesar de olhar essas ferramentas e ver que a maioria são pouco úteis para mim, fiz uns testes com umas fotos novas. Todos os 4 testes estão lá no meu perfil do Flickr, mas vou comentar 2 aqui.

Imagem editada no photoshop.com

Imagem editada no photoshop.com

Esse foi o primeiro de todos. Essa imagem eu simplesmente modifiquei o balanço de branco, só. A minha intenção era tirar o amarelão da lampada incandecente, e para fazer isso foi apenas um clique na interface do photoshop online. A interface apresenta ao usuário várias opções desde “ajuste de lampada incandecente” até “ajuste de luz de flash”, e todas essas opções aparecem em miniaturas da imagem, e ao botar o mouse em cima, já mostra o resultado porém só aplica no momento que o usuário clica.

Imagem editada no photoshop.com

Imagem editada no photoshop.com

Essa imagem eu também queria modificar a cor da luz incandecente, mas também havia outras coisas. Aqui no caso modifiquei a Matiz, Saturação e Exposição. No caso, as três ferramentas possuem a mesa interação. É apresentado para o usuário 7 miniaturas com níveis fixos, nos quais o usuário pode botar o mouse em cima e ver como fica. Mas se o usuário quiser um resultado que fica no intermediário de duas miniaturas, há uma barra abaixo que pode ser movida para o resultado que o usuário quiser. Saturação, no caso, apresenta uma features muito interessante: Preservar tons de pele, ou seja, o usuário pode deixar toda foto P&B, apenas a sua pele colorida. Um toque muito bom, já que a ferramenta não possibilita multiplas camadas nem seleção dentro da imagem.

Comentário final:

A ferramenta é muito boa, sem erros, talvez um pouco pesada, porém é para amadores/iniciantes. O fato da ferramenta não habilitar grandes possibilidades de edição ao usuário e da criação de um perfil para mostrar as fotos me parece mais um portal para fazer uma social do que um site editor de imagens, não profissional, mas mobile. Contudo, não acho que perca lugar para o Pixlr, nem que tire lugar do mesmo, mas que seja uma versão mais amigável para aqueles usuários que querem trabalhos legais/chamativos rapidamente e com pouco conhecimento. Então para aqueles sem conhecimentos profundo, recomendo Photoshop.com. Mas se quiser algo mobile mas com muitas oportunidades de edição, Pixlr é o mais adecuado! See ya, folks!

Microsoft Project 2010 Technical Preview

outubro 9, 2009 Deixe um comentário

Project, esse é um produto que faz com que eu não odeie com todas as minhas forças a Microsoft. Apesar de uma concorrencia forte com o Primavera (da Oracle), o Project ainda é uma parte da suite Office que tem grande parte do mercado sobre seu controle. Meses atrás, quando descubri o lançamento do Project 2010 (na suite Office 2010) pelo twitter do Ricardo Vargas (@rvvargas), de cara já fiquei com vontade de saborear esse release, que não deixa de ser um beta, e nessa semana me fui ao Google para achar os links. Minha primeira boa impressão foi logo na instalação do produto, muito atípica de Microsoft, simples, rápida e sem muita lenga-lenga.

Project 2010 (Technical Preview)

Project 2010 (Technical Preview)

No momento que começou a rodar, foi só diversão. Já abri uns arquivos de uns clientes e sai testando algumas coisas. Não cheguei a abordar a questão do RH (que sempre foi muito boa no Project), mas nas questões de cronograma, gráfico gantt, ferramentas, templates e diferentes visualizações do projeto, está impecável. O primeiro problema que eu vi foi que o programa está realmente pesado (possivelmente pelo visual parecido com o do Office ’07), mas por ser um Preview Técnico, acho que isto é momentaneo.

Uma questão muito interessante foi que o produto está com uma integração perfeita com toda a suite Office e mais alguns outros produtos. Por exemplo, posso fazer importação de uma tabela com um tipo especifico de valor (como recursos) de um banco Oracle 11g ou MS SQL, o que é muito útil se uma empresa inteira usufruir dos mesmos recursos, sem haver duplicação de dados, ou com nomes/dados diferentes.

Minha visão final do produto é que ele é realmente muito interessante. Apesar da demora de resposta do produto, ele não possui os problemas normais de um beta, como o programa quebrar antes de ter sido salvo, perdendo dados. Se alguem quiser utilizar o programa, deixe um comentário ai. See ya!

Próximo passo: Office 2010 Full.

Apple Store Brasil

outubro 6, 2009 Deixe um comentário

Meses atrás, rumores de uma Apple Store Brasil tomaram conta dos sites de tecnologia brasileiros e hoje o rumor foi em frente! Uhuuul! Apple Store Brasil está aberta e pronta para negócios! Link na imagem!

Apple Store Brasil

Apple Store Brasil

Zune HD

setembro 24, 2009 Deixe um comentário

Buenas, galera. Pra começa essa bagaça pensei muito sobre o que comentar, mas também não queria falar sobre algo rotineiro, muito gasto, logo teria de ser algo um pouco mais fora do núcleo de conhecimento público, logo cheguei no Zune HD.

Não tenho vergonha de falar pra todos que eu tenho um certo receio (gigantesco) em relação a qualquer coisa que a Microsoft lança ou bota as mãos, porém o Zune HD foi algo que realmente me supreendeu positivamente.

Zune HD

Zune HD

Com uma tela de 3.3 polegadas, o Zune pode ser considerado uma inovação no mundo dos
PMPs (portable media player). Em formato padrão, o Zune já vem com FM e Rádio de Alta Qualidade (infelizmente, somente nas areas disponíveis, ou seja, exclua Brasil), touchscreen de vidro anti-riscos, wi-fi (incluindo a sincronização), tamanhos de 16 e 32 GB e uma linda tela de formato widescreen (16:9) de OLED (o que ajuda e muito na bateria).

Não tive o prazer de te-lo em mãos, mas pelo o que dizem as bocas hi-techs da internet, a interface de usuário está como a pior parte do aparelho, porém não é ruim, apenas um pouco dificil de se acostumar. No resto, o aparelho pode se tornar um grande media center para casa, porém com um gasto adicional: US$90.00. Este gasto se dá pela compra do Dock para conectar o Zune na TV, e vem acompanhado com um cabo HDMI, antena e rádio, controle remoto e um cabo RCA. Pelo os resultados demonstrados pelo Gizmodo, a solução parece ser incrivel, mas tenho minhas duvidas em questão da velocidade de acesso dos menus e etc. O mais interessante é que há a possibilidade de se carregar qualquer filme em HD (720p) no Zune e reproduzir com a definição completa na TV pelo Dock. Além do Dock completo para alta definição, há também um Dock de formato normal por US$20.00, porém acho que seria um gasto sem muito retorno, diferente do Dock de alta definição.

Com uma visão geral do aparelho, digo que ele é realmente magnífico (mesmo sendo Microsoft) porém não acho que venha a ser um grande perigo para o iPod Touch e para o Nano, afinal o nome Zune já foi posto na fogueira a muito tempo, e para sair das cinzas, não será tão simples. O preço está razoavel para alguem que quer um PMP de um bom nível com um preço aceitavel: US$220 pelo modelo de 16GB e US$290 o de 32GB. Se quiserem mais detalhes, sugiro uma passada no Gizmodo, que fez um review completo. See ya, folks!!